EMPRESARIAL

Cenário econômico na pandemia: reflexos e tendências

Em um contexto geral, os reflexos da pandemia do Coronavírus na economia mundial são negativos. No Brasil, por exemplo, o governo praticamente zerou a expectativa de crescimento da economia em 2020.

 

Entre os principais causadores desse resultado estão o fechamento de comércios e o isolamento social, iniciativa recomendada para frear a proliferação do vírus. Fato é que mesmo com a volta gradativa das atividades comerciais, os hábitos de consumo mudaram bruscamente durante a quarentena, entretanto, algumas práticas adotadas durante o isolamento também tendem a continuar em alta.

 

Com essas mudanças repentinas, as empresas que já tinham investimentos em inovação e tecnologia saíram na frente e sofreram menos impactos financeiros. Já as que ainda viviam no “mundo analógico” se obrigaram a digitalizar suas rotinas.

 

Segmentos menos afetados pela pandemia

- E-commerce: com a população por mais tempo em casa e com o comércio físico fechado, as lojas virtuais viram suas vendas aumentarem, principalmente em itens essenciais como alimentos, saúde e bem-estar.

- Videogame: sem muitas opções de lazer em casa, o videogame se tornou um dos principais meios de entretenimento.

- Streaming: a Netflix anunciou que ganhou 16 milhões de novos clientes entre janeiro e abril no mundo inteiro.

- Delivery: com os restaurantes fechados, a solução do delivery se tornou cada vez mais procurada.

 

Segmentos que foram acelerados com a pandemia

- Educação online: com a suspensão das atividades presenciais, muitas instituições migraram para o ambiente virtual.

- Aplicativos de videoconferência: milhões de pessoas saíram dos escritórios e foram para home office, com isso a procura por soluções aumentou. O aplicativo Zoom, por exemplo, teve 131 milhões de downloads em abril, montante 60 vezes maior do que o mesmo período de 2019.

 

Segmentos mais afetados pela pandemia

- Turismo e hotelaria: com as fronteiras fechadas, esses são os setores que mais sentem os reflexos negativos.

- Restaurantes e bares: principalmente os que não contam com serviço de delivery eficiente.

- Beleza e spa: o contato físico é uma das principais formas de contágio do vírus, por isso essas atividades estão proibidas em muitas localidades.

- Fitness: mesmo com a reabertura das academias, muitas pessoas optaram por fazer exercícios em casa, seja por corte de gastos ou por prevenção.

 

Tendências para 2021

Percebe-se que os consumidores buscam cada vez mais por marcas que tenham um propósito bem definido e transparente. Por isso, empresas que têm um discurso coerente aliado à inovação, tecnologia e criatividade são as que mais tendem a crescer no cenário econômico futuro.

Preencha seus dados

Preencha corretamente que entraremos em contato o mais breve possível.