EMPRESARIAL

Os impactos do coronavírus na economia

O novo coronavírus tem deixado o mundo em alerta e afetado o setor da saúde. Mas, ele também teve impacto sobre as cadeias globais de suprimentos, nos lucros das empresas e na desaceleração do crescimento da economia global. Mesmo que o maior número de casos confirmados e os principais impactos ainda estejam centrados na China, o vírus já foi registrado em cerca de 30 países. Isso gerou interrupção da produção e do consumo na China, além de paralisação de algumas atividades em países como Coreia do Sul, Japão e Itália.
Ainda é difícil ter uma estimativa da magnitude do choque na economia em decorrência do coronavírus, mas já é praticamente consenso que a economia global e o PIB (Produto Interno Bruto) da China crescerão menos que o esperado em 2020. O Fundo Monetário Internacional (FMI) já alertava para um ritmo de recuperação mais lento em 2020, e estima que a epidemia de coronavírus deverá reduzir o crescimento econômico mundial em até 0,1 ponto percentual.
O avanço da epidemia nos últimos dias derrubou as principais bolsas do mundo. Na Europa, os índices de referência recuaram para mínimas em quase quatro meses. Nos Estados Unidos, os índices Dow zeraram os ganhos no ano. Entre as ações mais afetadas estão as de companhias aéreas e empresas do setor de turismo, tecnologia, eletrônicos, automóveis e alimentos.
Fonte: G1

Preencha seus dados

Preencha corretamente que entraremos em contato o mais breve possível.